No banner in farm
 
INÍCIO| ARTIGOS| EVENTOS | CURSOS | NEGÓCIOS| COMUNIDADES | TÉCNICOS | PACIENTES | SHOPPING

Cadastre-se Editorial Mapa do Site Quem Somos

Submarino

 Cadastre-se
Seja um membro do RADIOLOGY.COM.BR e receba notícias, eventos e muito mais em seu e-mail.

Nome:

E-mail:

Residente em Radiologia?
Sim
Não


 Shopping
TC de Alta Resolução do Pulmão
Técnicas Radiológicas

Radiologia: Perguntas e Respostas: o Pequeno Livro Verde
Radiologia Odontológica

Ultra-Sonografia em Obstetrícia e Ginecologia
Compêndio de Radiologia

Ultra-Sonografia em Obstretrícia e Ginecologia
Segredos em Radiologia

Ressonância Magnética em Ortopedia e Medicina Esportiva
Fundamentos de Radiologia

Fundamentos de Radiologia de Squire
Fundamentos de Radiologia e Diagnóstico por Imagem

CVarredura em Ultra-Sonografia: Princípios e Protocolos
Paul & Juhl: Interpretação Radiológica


 Fale Conosco

Informações Gerais

Comercial

 
Formação em Ultrassonografia
 



O Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem (CBR) realizou, pela primeira vez, um fórum com transmissão ao vivo pela internet. O tema escolhido foi Formação em Ultrassonografia. Diversos convidados participaram presencialmente e fizeram apresentações com números e ideias que representaram diferentes pontos de vista. Pelas redes sociais, outros imaginologistas fizeram comentários e perguntas para enriquecer o debate.

O presidente do CBR, Dr. Antonio Carlos Matteoni de Athayde , abriu os trabalhos destacando que existe uma carência de profissionais especialistas em Ultrassonografia e esta vem se acentuando ao longo dos anos. “Nosso principal objetivo é discutir qual a formação ideal do ultrassonografista, tendo em vista as necessidades da população e a qualidade da prática médica”, ressaltou.

Desde 2009, o Colégio credencia cursos de aperfeiçoamento em Ultrassonografia, com duração de dois anos, e atualmente concede, junto à Associação Médica Brasileira, o Título de Especialista em Diagnóstico por Imagem com atuação exclusiva em Ultrassonografia Geral, por meio de prova teórica e prática.

O coordenador da Comissão de Ensino, Aperfeiçoamento e Residência Médica do CBR, Dr. Rubens Chojniak, informou que hoje são 17 cursos credenciados pelo CBR, distribuídos por Alagoas, Bahia, Minhas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo, num total de 56 vagas. Embora o credenciamento seja recente, esses números foram considerados pelos participantes do fórum insuficientes para atender a demanda.

Outro aspecto relevante diz respeito ao interesse dos médicos pela formação em Ultrassonografia. Conforme os relatos durante o debate, em alguns cursos há grande concorrência para preenchimento das vagas; em outros, há ociosidade, em parte porque alguns conseguem ingressar na residência de Radiologia e acabam não concluindo a formação específica em Ultrassonografia.

Um terceiro cenário foi apontado pelo sócio-proprietário da Gold Imagem, de Rio Claro (SP), Dr. Vitor Romero, segundo o qual as duas vagas de seu curso, credenciado pelo CBR, somente passaram a ser preenchidas depois que os responsáveis decidiram remunerar os aperfeiçoandos.

Tempo de formação

A Dra. Maria Cristina Chammas , diretora do Serviço de Ultrassonografia do Instituto de Radiologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (InRad-HCFMUSP), um dos serviços mais conceituados do país, defendeu veementemente que a duração do curso de aperfeiçoamento seja mantida em dois anos. “É o tempo mínimo para que o médico adquira segurança e experiência no método”, frisou.

Ao comparar a formação em Radiologia e Diagnóstico por Imagem (RDDI) ao curso de Ultrassonografia, a especialista informou que, no InRad-HCFMUSP, no primeiro caso são dedicados 432 períodos à Ultrassonografia; na formação específica, 804. “Isso não significa que a formação em Ultrassonografia é longa em demasiado, nem que o curso ou residência de RDDI subestima o método, porque, na formação mais ampla [RDDI], o médico tem melhores condições de correlacionar os diversos métodos e de adquirir a maturidade suficiente para atuar como especialista, mesmo com uma carga horária menor em Ultrassonografia”, explica.

A Dra. Maria Solange Ayala Fernandez Sanchez foi convidada a dar seu depoimento como integrante da primeira turma do curso de aperfeiçoamento em Ultrassonografia do InRad-HCFMUSP: “Em nenhum momento nos sentimos ociosos. Até iniciarmos o curso, não tínhamos nenhuma experiência clínica, ainda mais na área de imagem. Quem se forma nos dois anos faz todo tipo de exame. É muito importante”.
Visão do clínico
O secretário da Sociedade Latinoamericana de Tireoide, Dr. Eduardo Tomimori , apresentou a visão do clínico sobre a atuação em Ultrassonografia. “Em muitos casos, a gente precisa saber utilizar o equipamento. O método vem ganhando cada vez mais espaço nos congressos tanto de clínicos quanto de cirurgiões. O CBR deve refletir sobre essa tendência e sempre primar pela qualidade da formação do radiologista ou ultrassonografista”.

Oportunidades de trabalho

O superintendente de Negócios do A. C. Camargo Cancer Center e membro titular do CBR, José Marcelo de Oliveira, frisou que o mercado está crescendo em todas as especialidades médicas e que boa parte dos titulados tem sido atraída pela Tomografia Computadorizada e pela Ressonância Magnética. “Mas a Ultrassonografia é uma plataforma de alto potencial em mãos bem treinadas, experientes.”

Conceituando-a como método muito eficiente e que gera valor para toda a cadeia, indicou que as decisões sobre remuneração, no sentido de valorizar a Ultrassonografia, “são nossa responsabilidade”. Recomendou que todos os envolvidos estejam atentos às tendências mercadológicas, como a verticalização dos planos de saúde [abertura de serviços próprios], a composição dos custos nos valores dos exames e maneiras de buscar a qualidade incessantemente, certificando todos os que atuam na área.

O diretor-proprietário do Centro de Treinamento em Ressonância, Ultrassonografia e Tomografia (Cetrus) e membro titular do CBR, Dr. Sebastião Zanforlin Filho , opinou, durante o debate, que o Colégio deve procurar formas de abrigar todos que exercem o método, e não apenas os titulados. Sugeriu que o tempo de formação em Ultrassonografia seja revisto, talvez por meio de módulos, e que as avaliações também sejam repensadas.

“O Colégio é inclusivo”, respondeu o Dr. Manoel de Souza Rocha, diretor científico do CBR, “tanto que iniciou o credenciamento desses cursos de aperfeiçoamento há mais de cinco anos e agora está reavaliando a questão com profundidade, daí a realização desse fórum”. Na sequência, convidou outros colegas presentes a se manifestarem sobre o assunto.

A Dra. Letícia Martins Azeredo , que atua no Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais e integra a Comissão de Ultrassonografia do CBR, concorda que é preciso desenvolver um caminho para atrair esses profissionais que estão atuando sem nenhum vínculo com o Colégio. “Na Comissão, discutimos sobre o quanto é importante manter os dois anos. Reduzir esse tempo banalizaria ainda mais o método”, completou.

“Sabemos que a Ultrassonografia remunera menos em relação aos demais exames de imagem e, ao mesmo tempo, demanda mais energia do especialista pelo contato direto com o paciente. Contudo, o Brasil precisa de profissionais bem formados”, posicionou-se a Dra. Maria Cristina Chammas. Também do HCFMUSP e da Comissão, a Dra. Julia Diva Zavariz corroborou: “Devemos mostrar aos jovens que a Ultrassonografia é uma área atrativa, resolutiva”.

Segundo o presidente da Sociedade Brasileira de Ultrassonografia (SBUS) e membro titular do CBR, Dr. Waldemar Naves do Amaral , a estimativa é de que 40 mil médicos atuem como ultrassonografistas no país hoje, sendo que 7 mil deles são associados à SBUS. “Precisamos titular esse pessoal e buscar melhor remuneração. Estamos dispostos a trabalhar junto com o Colégio neste sentido”, disse.

Nesta linha, o Dr. Douglas J. Racy , representante da Med Imagem (Beneficência Portuguesa, São Paulo) e membro titular do CBR, colocou-se à disposição para colaborar e sugeriu que o CBR invista na publicidade das ações em prol da titulação, divulgação das vagas, benefícios para os associados, no sentido de aproximar, motivar e reter esses colegas. Também participou do debate o Dr. Francisco Mauad Filho, da Faculdade de Tecnologia em Saúde (Fatesa).

Compromisso

Além de todos os presentes se pronunciarem (veja lista abaixo), participantes de diferentes Estados interagiram durante o debate e a maioria dos comentários foi lida ao vivo.
Ao agradecer a dedicação de todos, o Dr. Matteoni cumprimentou o diretor científico do CBR, Dr. Manoel de Souza Rocha, pela iniciativa do fórum. Este finalizou o evento afirmando o compromisso da Diretoria do Colégio e da sua Comissão de Ultrassonografia em fazer um resumo de todas as posições expostas, estudar os temas levantados e propor, logo que possível, resoluções práticas. “Assumimos essa responsabilidade e convidamos todos os interessados a continuar nos provendo de informações e ideias”, registrou.
Comentários, sugestões e perguntas podem ser enviados a qualquer tempo para o e-mail radiologia@cbr.org.br.

Participantes do fórum

Adilson Cunha Ferreira – SBUS/IDI/NERDI
Alair Augusto Sarmet Santos – CBR
Andrea Cavalcanti Gomes – InRad/CBR
Antonio Carlos Matteoni de Athayde – CBR
Carlos Roberto Maia – CBR
Douglas J. Racy – Med Imagem (Beneficência Portuguesa)
Eduardo Tomimori – LATS
Fernando Mauad – FATESA
Francisco Mauad Filho – FATESA
Harley De Nicola – CBR/UNIFESP/FIDI
Henrique Carrete Jr. – CBR
Ildo Antonio Betineli – AGR
José Marcelo A. de Oliveira – A C Camargo Cancer Center
Julia Diva Zavariz – CBR/HCFMUSP
Manoel S. Rocha – FMUSP
Maria Cristina Chamas – InRad HCFMUSP
Maria Solange Ayala F. Sanchez – InRad
Paula B. Dall Stella – Sírio-Libanês
Peter C. Françolin – CBR/InRad/HCFMUSP
Regina Lúcia Elia Gomes – InRad/Hospital Israelita Albert Einstein
Rilton Diniz da Cruz – CBR
Rubens Chojniak – CEAR CBR
Rubens Schwartz – CBR
Sebastião Zanforlin Filho – CETRUS/SBUS
Túlio A. A. Macedo – Universidade Federal de Uberlândia/CBR
Vitor Romera – Gold Imagem
Waldemar Naves do Amaral – SBUS/Fértile

 

© 2007 - Radiology.com.br