No banner in farm
 
INÍCIO| ARTIGOS| EVENTOS | CURSOS | NEGÓCIOS| COMUNIDADES | TÉCNICOS | PACIENTES | SHOPPING

Cadastre-se Editorial Mapa do Site Quem Somos

Submarino

 Cadastre-se
Seja um membro do RADIOLOGY.COM.BR e receba notícias, eventos e muito mais em seu e-mail.

Nome:

E-mail:

Residente em Radiologia?
Sim
Não


 Shopping
TC de Alta Resolução do Pulmão
Técnicas Radiológicas

Radiologia: Perguntas e Respostas: o Pequeno Livro Verde
Radiologia Odontológica

Ultra-Sonografia em Obstetrícia e Ginecologia
Compêndio de Radiologia

Ultra-Sonografia em Obstretrícia e Ginecologia
Segredos em Radiologia

Ressonância Magnética em Ortopedia e Medicina Esportiva
Fundamentos de Radiologia

Fundamentos de Radiologia de Squire
Fundamentos de Radiologia e Diagnóstico por Imagem

CVarredura em Ultra-Sonografia: Princípios e Protocolos
Paul & Juhl: Interpretação Radiológica


 Fale Conosco

Informações Gerais

Comercial

 
JPR/RSNA 2014 : A Reinvenção de uma Jornada
 

Quem frequenta a Jornada Paulista de Radiologia sempre espera um evento grandioso. A dimensão do local, o número de participantes – este ano chegou a 20.000 – a quantidade de expositores e a qualidade das palestras e aulas...todos estes dados somam-se com o objetivo de conferir a dimensão que o evento tem. Nos últimos anos a Sociedade Paulista de Radiologia busca evoluir com o evento através de um mecanismo de associação com eventos internacionais. Este ano a JPR associou-se ao maior evento de diagnóstico por imagem do mundo: o RSNA.

Essa associação sempre é muito interessante porque um evento acaba emprestando suas características ao outro. Exatamente o que ocorreu este ano: nesta sua 44ª edição a JPR estava impregnada pelo RSNA e pelas características do evento de Chicago. Da mesma forma que nos anos anteriores associou-se ao International Congresso of Radiology e ao Congresso Mundial de Ultra-sonografia, houve uma somatória e uma integração de programas, com a presença maciça de palestrantes americano ligados à Radiological Society of North America.

Como bem mencionou o Presidente daquela entidade N. Reed Dunnick, M.D. o programa desta JPR associada ao RSNA busca apresentar alguns dos melhores trabalhos de ambas as sociedades. Segundo o Dr. Antonio José da Rocha , presidente da Sociedade Paulista “para chegarmos a essa feliz realidade , foi necessário muito planejamento”. “A JPR/RSNA começou a ser discutida há mais de dois anos, o espaço físico foi contratado há quatro anos(38.000 m2)”.

Assim pudemos ver, por exemplo o Dr. Jeffrey S. Klein, editor da famosa revista Radiographics, ligada ao RSNA, falar sobre “Como preparar um manuscrito” para publicação naquele periódico. Nessa aula dr. Klein analisa desde aspectos redacionais de um artigo cientifico em radiodiagnóstico até critérios de inclusão. Isso tudo num módulo denominado “Introdução à Pesquisa”.

Outro módulo diferente e que seguiu uma linha do RSNA foi o de “Profissionalismo”. “Melhoria da Qualidade”, abordado por Dr. Vijay M. Rao ,”Segunda Opinião em Radiologia” e “Lidando com Pessoas Difíceis” pela Dra. Valerie P. Jackson , de Indianápolis , “Princípios de Liderança Vs Gestão” com Dr. Richard Le Baron , de Chicago e “Técnicas de Comunicação” , pelo Dr. George Bisset III de Houston , Texas, foram algumas das palestras mais concorridas e que abordaram questões relevantes relacionadas à prática diária da especialidade.

Definitivamente o enfoque dos americanos é muito diferenciado em relação a outras culturas, ainda mais no que tange a questões de profissionalismo. Boa parte dos palestrantes brasileiros que também participaram deste ciclo, são médicos que tiveram pelo menos uma parte das suas formações em Universidades americanas como é o caso do Dr. Renato Sernik e do Dr. Edson Amaro , dois expoentes da Radiologia Brasileira.

É interessante obviamente comparar o enfoque dos radiologistas americanos em relação à realidade brasileira. Como em nosso País temos pelo menos três realidades que convivem juntas – a de 1º , 2º e 3º mundo – pelo menos uma delas se aplica ao dia a dia da pratica profissional em radiodiagnóstico nos grandes serviços.

Temas bastante atuais relacionados a PET-CT, Elastografia, MRI , Mamas , Ultra-som, CT foram também bastante procurados nas diversas salas da JPR. Uma tendência que vêm se firmando também são os chamados Lunch Meetings, eventos que ocorrem na hora do almoço , onde são distribuídos lanches e professores discorrem sobre temas atuais. Siemens e GE Healthcare apostam neste formato, sempre com salas lotadas e boa percepção do publico em relação as aulas dadas.

A Influencia dos brasileiros no RSNA

É preciso destacar que o crescimento da participação de brasileiros nos eventos internacionais, particularmente no RSNA é um dos motivos principais pelos quais os americanos estão muito atentos aos movimentos locais, particularmente neste segmento científico. Em entrevista ao Radiology, o Dr. Richard Le Baron, Chairman do Board do RSNA destacou o fato de crescimento em cerca de 800% na participação de brasileiros naquele evento nos últimos anos. Além disso , mencionados em destaque pelo Dr. Baron e também pelo dr. George Bisset III a qualidade dos trabalhos que os brasileiros têm apresentado naquele evento. Segundo os dados apresentados por Dr. Baron é a comunidade de estrangeiros que mais cresce naquele evento e isso têm impacto econômico, educacional e cientifico.

Desta forma, era possível fazer inscrição no RSNA, pelos próximos 18 meses, tendo direito a participar de todos eventos daquela sociedade e receber as publicações, com desconto de 50%, oferta convidativa a qual muitos congressistas aderiram.

Pode-se afirmar, portanto que a JPR – o maior evento de Diagnóstico por Imagem da América Latina, segundo o Diretor Científico da Sociedade Paulista de Radiologia - começa a influenciar no RSNA e também empresta seu prestígio aquele evento, considerado o maior do mundo em radiodiagnóstico.

Palestras interativas e homenagens

Em várias salas ocorreram palestras totalmente interativas com grande participação do público na resolução de casos e isso criou um novo performance que agradou aos congressistas. Os casos apresentados variavam de didáticos a difíceis porem, sempre com um enfoque educacional.

Também foi marcante o momento de homenagens da JPR 2014 que este ano contemplou dois grandes radiologistas brasileiros: o Dr. Nestor Muller e o Dr. Clóvis Simao Tradd. Os dois radiologistas, conhecidos e respeitados em toda comunidade cientifica radiológica nacional e internacional fizeram belos discursos de agradecimento e como era de se esperar ficaram muito emocionados diante da merecida homenagem.

Aqui cabe ressaltar outros aspectos relevantes da JPR 2014: a evolução da logística do evento com novas regras de circulação que facilitaram sobremaneira o acesso rápido a todas dependências do evento, a profusão de lanchonetes e cafeterias que facilitaram muito a alimentação e a qualidade da feira comercial , muito preparada para receber o grande número de médicos ávidos de novidades tecnológicas. Empresas como a Samsung, a Esaote , a GE Healthcare , a Siemens , a Pyramid, Fuji , Agfa, Microdata, dentre outras , trouxeram seus melhores produtos e serviços para a exposição.

Finalmente, cabe ressaltar o profissionalismo e a competência da equipe da Sociedade Paulista de Radiologia, sempre muito solícitos e prontos a atender a dezenas de milhares de demandas relacionadas ao evento numa organização impecável e elogiosa.

Por Omar Taha – Editor do Radiology.com.br

Envie seus comentários sobre essa matéria para omartaha@gmail.com

 

© 2007 - Radiology.com.br